Culture of Encounter

Sobre

O projeto “Cultura de Encontro” pretende criar espaços de participação e partilha para que os jovens desenvolvam ainda mais os seus conhecimentos, atitudes e valores e se familiarizem com ferramentas significativas que os motivem a envolver-se ativamente com as comunidades, a questionarem e transformarem as narrativas do discurso de ódio e da discriminação, contribuindo assim para a prevenção da violência.

Speech Bubble Icon.

Sobre

O projeto “Cultura de Encontro” pretende criar espaços de participação e partilha para que os jovens desenvolvam ainda mais os seus conhecimentos, atitudes e valores e se familiarizem com ferramentas significativas que os motivem a envolver-se ativamente com as comunidades, a questionarem e transformarem as narrativas do discurso de ódio e da discriminação, contribuindo assim para a prevenção da violência.

A pandemia COVID-19 suscitou solidariedade entre pessoas de diversas origens religiosas e culturais; simultaneamente, na Europa, tem exacerbado tensões entre as comunidades migrantes, de refugiados e de acolhimento. O discurso de ódio, a estigmatização, o incitamento à discriminação e à xenofobia aumentaram durante a pandemia, baseando-se numa cultura de desconfiança existente nas sociedades.

Os jovens têm um papel fundamental a desempenhar no desafio de narrativas, atitudes e comportamentos baseados no medo, que exacerbam o antagonismo. Podem ajudar a promover e criar uma cultura de encontro, diálogo e colaboração na Europa.

Uma “Cultura de Encontro” tem como finalidade a promoção dos direitos humanos, dos princípios da democracia e do valor de aprendermos a viver juntos e conviver em sociedades plurais.

Objetivos

O projeto procura empoderar e criar oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento para jovens para que se tornem "agentes de transformação" nas suas comunidades. Mais especificamente, visa:

1. Conectar cidadãos europeus, jovens migrantes e refugiados que vivem na Europa.

2. Potenciar a consciência e a experiência de cidadania ativa dos jovens participantes.

3. Introduzir ferramentas e processos de diálogo plurais e de interculturalidade como ponto de partida para abordar os problemas de discriminação, de ódio e de violência nas suas sociedades.

4. Empoderar os jovens participantes para se tornarem multiplicadores e desenvolverem iniciativas nas suas escolas e comunidades, que fomentem a inclusão, o respeito pela diversidade e o pluralismo.

5. Dotar os jovens de conhecimentos e metodologias para criarem e documentarem narrativas e soluções inspiradoras que fomentem a compreensão mútua e a solidariedade.

6. Desenvolver uma campanha de sensibilização liderada pelos jovens para mostrar, em toda a Europa, as suas ações e iniciativas coletivas.

7. Dotar os educadores / agentes educativos de recursos que suportem práticas pedagógicas que possam apoiar os jovens participantes na criação de uma “Cultura de Encontro” nas suas escolas e comunidades.

O que ganham os jovens, escolas e organizações ao participar?

O projeto tem múltiplos benefícios para as escolas, organizações, comunidades e jovens envolvidos, incluindo:

  • Os jovens têm autonomia para lidar com questões de discriminação, ódio e violência por meio do diálogo intercultural e inter-religioso
  • Os educadores adquirem novas competências para promover uma cultura de encontro nas escolas e comunidades
  • Os jovens estão ligados uns aos outros e adquirem experiências de cidadania ativa na Europa
  • Os jovens tornam-se multiplicadores, liderando iniciativas de promoção de uma cultura de encontro
  • Os jovens aprendem a usar técnicas abrangentes de contar histórias
  • Os jovens lideram uma campanha nas redes sociais para desenvolver novas narrativas de encontro

Entre em contato

Quer saber mais sobre a Cultura do Encontro ou contribuir com nossa missão? Entre em contato!

"*" indica campos obrigatórios

Name*
Scroll to Top